sexta-feira, 26 de agosto de 2016

...E o Senhor está com ele!



"O Espírito do Senhor Se retirou de Saul, e um espírito maligno, vindo da parte do Senhor, o atormentava. Os oficiais de Saul lhe disseram: ‘Há um espírito maligno, mandado por Deus, te atormentando. Que o nosso soberano mande estes seus servos procurarem um homem que saiba tocar harpa. Quando o espírito maligno, vindo da parte de Deus, se apoderar de ti, o homem tocará harpa e tu te sentirás melhor.’ E Saul respondeu aos que o serviam: ‘Encontrem alguém que toque bem e tragam-no até aqui.’ Um dos oficiais respondeu: ‘Conheço um filho de Jessé, de Belém, que sabe tocar harpa. É um guerreiro valente, sabe falar bem, tem boa aparência e o Senhor está com ele’." (1Samuel 16.14-18)

Quando uma pessoa tem o Espírito de Deus no comando da sua vida, ela se torna uma referência de honra. Davi nem imaginava, mas já era visto entre os fortes, ainda moço, como um guerreiro valente, virtuoso e cheio do Espírito de Deus (1Samuel 16.18).

Já o poderoso Saul, que pensava ser o senhor absoluto de Israel, havia perdido o Espírito de Deus por causa da soberba, da autossuficiência, da impaciência.

E os mesmos oficiais que viam o Espírito Santo na vida de Davi também percebiam o espírito mal em Saul.

O testemunho de um cristão verdadeiro vale mais que mil palavras. Davi não precisou de uma coroa, de um trono, de um nome acima dos outros na terra para que fosse honrado pelos Céus. Ele precisou apenas fazer o que todos nós também devemos: entregar sua vida aos cuidados de Deus e escolher adorá-Lo acima de tudo, com toda a nossa maneira de viver.

Gente assim recebe aplausos do Céu.


...E o Senhor está com ele!



"O Espírito do Senhor Se retirou de Saul, e um espírito maligno, vindo da parte do Senhor, o atormentava. Os oficiais de Saul lhe disseram: ‘Há um espírito maligno, mandado por Deus, te atormentando. Que o nosso soberano mande estes seus servos procurarem um homem que saiba tocar harpa. Quando o espírito maligno, vindo da parte de Deus, se apoderar de ti, o homem tocará harpa e tu te sentirás melhor.’ E Saul respondeu aos que o serviam: ‘Encontrem alguém que toque bem e tragam-no até aqui.’ Um dos oficiais respondeu: ‘Conheço um filho de Jessé, de Belém, que sabe tocar harpa. É um guerreiro valente, sabe falar bem, tem boa aparência e o Senhor está com ele’." (1Samuel 16.14-18)

Quando uma pessoa tem o Espírito de Deus no comando da sua vida, ela se torna uma referência de honra. Davi nem imaginava, mas já era visto entre os fortes, ainda moço, como um guerreiro valente, virtuoso e cheio do Espírito de Deus (1Samuel 16.18).

Já o poderoso Saul, que pensava ser o senhor absoluto de Israel, havia perdido o Espírito de Deus por causa da soberba, da autossuficiência, da impaciência.

E os mesmos oficiais que viam o Espírito Santo na vida de Davi também percebiam o espírito mal em Saul.

O testemunho de um cristão verdadeiro vale mais que mil palavras. Davi não precisou de uma coroa, de um trono, de um nome acima dos outros na terra para que fosse honrado pelos Céus. Ele precisou apenas fazer o que todos nós também devemos: entregar sua vida aos cuidados de Deus e escolher adorá-Lo acima de tudo, com toda a nossa maneira de viver.

Gente assim recebe aplausos do Céu.